Salão do Automóvel tem vários modelos para test drive

Não dá para dirigir muito em nenhuma delas, mas em compensação não é preciso pagar. Basta ser habilitado e fazer um cadastro no estande da marca.


A Nissan destinou duas unidades do Leaf para avaliação. O percurso é curto, mas o suficiente para o motorista ter o primeiro contato com um veículo que não faz nenhum barulho e é rápido tanto na aceleração quanto na frenagem.


De acordo com informações da empresa, além de mostrar o comportamento do carro elétrico, o objetivo do traçado “apertado” foi também simular situações cotidianas, como manobrar em pouco espaço. Para isso, o motorista pode utilizar o sistema de câmera “360 graus”. São quatro câmeras capazes de mostrar até obstáculos baixos. No teste, é possível fazer curvas olhando apenas para a tela no painel (já que os cones ficam abaixo da linha de visão do condutor).


É possível testar também o e-pedal. Com ele acionado, a desaceleração é ainda mais forte ao se soltar ou aliviar o pedal do acelerador.


Ainda no espaço da Nissan, é possível fazer manobras de estacionamento totalmente às cegas com uma picape Frontier e um Nissan Kicks. Como estão com os vidros cobertos, o motorista faz as manobras apenas pelas imagens das câmeras projetadas na tela central.


O também elétrico Bolt, da Chevrolet, pode ser experimentado na pista ao lado. A montadora disponibilizou quatro unidades do modelo. Assim como o Leaf, o Bolt apresenta aceleração instantânea – o que é característico em veículos elétricos. Assim, mesmo em retas bem curtas, é possível sentir a agilidade do carro.


Pista radical para a Amarok


A Volkswagen montou uma pista que simula situações off-road para mostrar a aptidão da picape Amarok V6. A pista metálica simula condições severas de uso. O objetivo é demonstrar a capacidade da picape em subidas e descidas íngremes, inclinação lateral de cerca de 35 graus, subida de escada, torção de chassi, curso de suspensão, etc.


Os visitantes podem também participar do Drive Experience, que reúne modelos da Volkswagen (o híbrido Golf GTE, Jetta, Passat, Amarok V6 e Tiguan) e Renault (Kwid, Duster, Sandero e Captur).


A área New Mobility é uma pista compartilhada para teste com veículos elétricos e híbridos. Nela, é possível dirigir modelos da Renault (Zoe e Twizy), Nissan (Leaf), Chery (eQ1) e Kia (Soul EV).


 

  • Fonte: Jornal do Carro /
  • Autor: Redacao /
  • Data: 12 novembro 2018
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS