Rolls-Royce desenvolve microrrobôs mecânicos

A Rolls-Royce se juntou com as Universidades de Nottingham e Harvard para desenvolver microrrobôs mecânicos. Eles irão trabalhar na manutenção dos motores de avião fabricados pela marca.


A tecnologia foi apresentada pela primeira vez no início do ano durante um evento aéreo em Cingapura. Os robôs, com 10 milímetros de diâmetros, seriam inseridos no motor por meio de um outro robô maior. Eles ajudariam em inspeções visuais em locais de difícil acesso graças a uma pequena câmera.


O uso dos robôs economizaria muito tempo na manutenção de motores de aviação. Normalmente, os propulsores são removidos e desmontados para inspeções mais profundas.


A Rolls-Royce já criou robôzinhos com 4,5 centímetros de comprimento, mas a ideia é diminuí-los ainda mais. Por enquanto, eles servirão apenas para ajudar em verificações visuais, mas os pesquisadores das universidades querem criar unidades capazes de efetuar tarefas e até reparos.


Microrrobôs moradores

Além dos robôs mecânicos, a Rolls-Royce também vai desenvolver unidades de inspeção, do tamanho de uma caneta, que ficarão permanentemente alojadas nos motores. Eles permitirão monitoramento contínuo das condições de funcionamento e alertar mais rapidamente sobre falhas.

  • Fonte: O ESTADÃO /
  • Autor: REDAÇÃO /
  • Data: 29 agosto 2018
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS