Chevrolet Onix e Hyundai HB20 ao mercado vai ter consequências diretas nos concorrentes. Números de venda à parte, eles vão evidenciar a idade de alguns projetos ainda à venda no Brasil no segmento de compactos.

Ambos virão com modernos motores turbinados, ampla gama de versões, centrais multimídia atualizadas e mais. Atualmente, s&oac" /> Chevrolet Onix e Hyundai HB20 ao mercado vai ter consequências diretas nos concorrentes. Números de venda à parte, eles vão evidenciar a idade de alguns projetos ainda à venda no Brasil no segmento de compactos.

Ambos virão com modernos motores turbinados, ampla gama de versões, centrais multimídia atualizadas e mais. Atualmente, s&oac" /> Redação: 13.09.2019 - 8:00 Novos Onix e HB20 vão envelhecer rivais - NX Motors

Redação: 13.09.2019 - 8:00 Novos Onix e HB20 vão envelhecer rivais

Caso do Fiat Argo, que por dentro parece uma versão melhorada dos antigos Palio. A salvação são alguns itens de conveniência como uma boa central multimídia. Mas é só isso. Sob o capô, um 1.0 de três cilindros pra lá de lento, um 1.3 competente, desde que não acoplado à antiquada caixa automatizada de embreagem simples, e um 1.8 de projeto antigo e beberrão.


Ainda na Fiat, Uno e Mobi são representantes de um passado anterior às telas multimídia e parecem ainda mais distantes das últimas novidades do mercado. Algo que nasceu com o Onix.A mesma Volkswagen que faz o Polo tem como modelo de entrada o Gol, que ainda consegue se manter minimamente atualizado. Se a carroceria é praticamente a mesma há quase uma década, o motor passou a ser de três cilindros e agora o painel acomoda uma vistosa tela sensível ao toque.


A Ford, que disputa o Top 3 do ranking, deu um belo “tapa” no Ka, que recebeu melhorias bem-vindas. Até mesmo um 1.5 de três cilindros e câmbio automático hatch e sedã ganharam. Curiosamente, a Ford tem um dos melhores motores 1.0 turbo do mundo. O motor foi premiado e chegou a equipar brevemente o finado Fiesta.


Porque esse motor não pode chegar no Ka? O custo certamente é um dos argumentos, bem como o motor bebe apenas gasolina. E transformá-lo em flexível demandaria mais dinheiro de uma montadora que já não anda bem das pernas por aqui.


 

  • Fonte: Jornal do Carro /
  • Autor: chevrolet /
  • Data: 13 setembro 2019
COMPARTILHE
NAS REDES SOCIAIS

MAIS NOTÍCIAS